Translate

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

O Windows 8 vem com um antivírus nativo, mas ele é bom o bastante?


Windows Defender

Entre as novidades do Windows 8 está o Windows Defender. Mas ele não é aquele utilitário de segurança limitado das versões anteriores; nessa última, foram incorporados ao software as habilidades de antivírus do Microsoft Security Essentials. Na prática, todo mundo que instala o Windows 8 está protegido por um antivírus, o que é bem bom.
Mas qual a eficácia desse antivírus nativo? O Microsoft Security Essentials costuma se sair bem em comparativos de eficiência e, no quesito “peso” no sistema, é um dos melhores — levíssimo. Ao ser incorporado ao Windows 8, essas características foram mantidas, mas ante a mais recente leva de malwares, dos últimos seis meses, a eficiência diminuiu um pouco.
A BitDefender realizou testes de segurança com o Windows 8. A empresa pegou 385 pragas descobertas nos últimos seis meses e jogou em cima do sistema operacional, protegido apenas com o que traz nativamente. O resultado? 85% das ameaças foram bloqueadas. Não é o ideal, mas é melhor do que nada — e bem melhor do que usar o Windows 8 sem antivírus e com o Windows Defender desativado. Nesse cenário, 60% dos malwares testados pela BitDefender tiveram sucesso na infecção – um aumento expressivo ante os 15% do teste anterior.
O estudo, porém, teve críticas. A principal: ter sido conduzido por uma empresa que vende soluções antivírus e que, portanto, teve seu negócio afetado pela inclusão de um antivírus direto no sistema.
É um questionamento válido, mas o estudo encontra respaldo em outras pesquisas. O último teste da AV-Comparatives, um ONG austríaca que testa e compara soluções antivírus há anos, mostrou um desempenho bem insatisfatório no produto da Microsoft, com apenas 77% das ameaças bloqueadas. Ao mesmo tempo, o da BitDefender bloqueou 97% das mesmas ameaças.
Na prática ele não é de todo ruim: venho usando o Windows 8 há semanas, sem nenhum incidente. O antivírus não incomoda de forma alguma e, no geral, estou satisfeito. Mas se por acaso você quiser instalar um antivírus de terceiro no Windows 8, não se preocupe: o sistema desativa automaticamente o nativo para dar lugar ao novo. Se não for esse o caso, porém, faça um favor a si mesmo e deixe o Windows Defender ativado.


Fonte: http://www.gizmodo.com.br/antivirus-nativo-do-windows-8-nao-e-perfeito-mas-parece-bom-o-bastante-para-dispensar-de-terceiros/

Pode gostar também de

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...