Translate

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Vice-presidente do iOS deixa a Apple, e isto é uma ótima notícia


scottforstall
Scott Forstall, o executivo da Apple que cuida do iOS desde a criação do iPhone, deixará a Apple no ano que vem. Com isso, Jony Ive ganha um papel maior na empresa. Esta parece ser uma ótima notícia para a Apple.
Forstall era vice-presidente sênior do iOS até hoje, quando a Apple anunciou várias mudanças no comando da empresa.
A mais importante, e divulgada sem cerimônia, é que Forstall está fora. E provavelmente isso não foi escolha dele: como aponta John Gruber, quando outros executivos saíram da Apple, eles ao menos recebiam elogios e estampavam o título dos releases à imprensa. No caso de Forstall, o comunicado menciona seu nome apenas uma vez: “A Apple também anunciou que Scott Forstall deixará a Apple”.
Se ele foi mesmo demitido, não seria surpresa. O iOS tem sido criticado desde ano passado por evoluir devagar em relação à concorrência, principalmente o Android. Em especial, o iOS 6 trouxe poucas novidades, mesmo para um sistema maduro. Olhe para o Android 4.2, outro sistema maduro, e fica mais claro que o iOS estagnou de uma forma perigosa na versão 6.
Forstall também era o responsável pela Siri, apresentado como umas das maiores novidades do iPhone 4S. Apesar da grande expectativa, a Siri – ainda em beta – está longe do ideal.
E o maior agravante: Forstall era o responsável pelos novos Mapas da Apple. Depois das inúmeras críticas recebidas, o próprio Tim Cook pediu desculpas publicamente pelo serviço. E parece que alguém pagou por isso.
Forstall está na Apple desde os anos 90, cuidando do NeXTStep, Mac OS X e, mais conhecidamente, do iOS. Ele acumulou poder durante esses anos, e principalmente depois da morte de Steve Jobs. Ele supostamente queria ser o novo CEO da Apple. Só que suas relações com outros executivos eram tensas: em um perfil da BusinessWeek, diz-se que Jony Ive e Bob Mansfield “evitam reuniões com ele a menos que Tim Cook esteja presente”. O próprio release da Apple diz que a mudança “vai estimular ainda mais colaboração entre as equipes… da empresa”. Isso, aliado aos erros de Forstall, provavelmente lhe custou seu cargo na Apple.
O comando do iOS será partilhado entre quatro executivos. Jony Ive, chefe de design industrial na Apple, cuidará da interface, e isso é ótimo. Nos últimos anos, o iOS abusou do esqueumorfismo: ou seja, a interface tenta imitar objetos da vida real. Por exemplo, o iBooks tem as páginas de um livro; o calendário imita uma agenda de couro; e o Game Center tem aquela interface horrível de cassino. São elementos desnecessários, e apesar de não serem totalmente culpa de Forstall – aparentemente Steve Jobs preferia a interface assim – eles devem sumir aos poucos sob o comando de Jony Ive.
Eddy Cue, por sua vez, ficará com Siri e Mapas. Ele é o responsável por transformar o fracassado MobileMe no iCloud, e cuida de sucessos como a App Store e a iTunes Store.
Enquanto isso, o chefe do OS X também comandará o iOS: Craig Federighi deve aproximar ainda mais as duas plataformas. Finalmente, Bob Mansfield cuidará de um novo grupo, chamado “Tecnologias”, que combinará todas as equipes de semicondutores e tecnologia sem fio na Apple.
As mudanças parecem bastante promissoras, e devem dar vida nova ao iOS. Com o novo comando, espere mudanças bem importantes no iOS 7.

Pode gostar também de

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...