Translate

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

A nova linha Nexus está bem barata; cadê a Play Store brasileira, Google?

Nexus 4 na Play Store.


O Google não fez festa como Apple e Microsoft (culpa do furacão Sandy), mas acabou roubando a cena com preços absurdamente baratos. Quais? Onde Nexus 4 e Nexus 10 serão lançados? Brasil, eu quero saber é quando chega ao Brasil. Chega?
Antes, vamos nos situar. O Nexus 10, tablet de 10″ com especificações bem interessantes, será lançado nos EUA, Reino Unido, Austrália, França, Alemanha, Espanha, Canadá e Japão. Preço? US$ 400 pela versão básica, com 16 GB; US$ 500 pela versão com 32 GB de espaço interno. Em ambos os casos, US$ 100 a menos que as opções equivalentes do iPad.
O Nexus 4, novo smartphone da família fabricado pela LG e também impressionante do ponto de vista técnico, terá três sabores. O de 16 GB, nos EUA, será exclusivo da operadora T-Mobile e custará US$ 200 em um plano de dois anos. Os modelos desbloqueados de 8 e 16 GB custarão, respectivamente, US$ 300 e US$ 350 e serão lançados nos mesmos países em que o Nexus 10 dará as caras. Isso é bem barato — iPhones e Galaxies topos de linha desbloqueados ultrapassam fácil a casa dos US$ 600.
Por fim, o Nexus 7, tablet pequenino fabricado pela Asus, ganhou um corte de US$ 50 nos preços. O modelo agora básico de 16 GB fica em US$ 200 e o novíssimo com 32 GB de espaço, que começa a ser vendido dia 13/11, estreia por US$ 250.
Tudo isso está acessível via Play Store, a lojinha de itens físicos do próprio Google. Indisponível no Brasil. Até quando, a gente questiona? Ainda que não fosse uma conversão exata de dólar para real, o potencial de preços interessantíssimos para produtos de última geração por aqui seria bem grande. Um Nexus 4 por R$ 900 daria uma chacoalhada no mercado. Um bom tablet de 10″, ainda que carente de bons apps, por uns R$ 1.000, seria bem tentador. Quando, Google, quando?
Ainda não sabemos se esses aparelhos chegarão ao Brasil — o Galaxy Nexus foi o primeiro Nexus a dar as caras por aqui no que parece ter sido um esforço da Samsung. Mas fica a esperança. Ter uma Play Store com preços agressivos assim mudaria seus planos a curto ou médio prazo sobre qual smartphone ou tablet comprar? Divague aí — afinal, sonhar não custa nada.

Pode gostar também de

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...