Translate

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Como o iPad Mini se sai contra a concorrência


ipadminiconc
E o iPad Mini chegou. Tablets menores já criaram um nicho: se você sempre quis um iPad mas não gostava do tamanho, a Apple tem uma novidade para você. Ou talvez a Apple tenha esperado demais: já existem tablets menores e muito bons na concorrência. Vamos ver como a nova iCoisa se compara aos outros em especificações.
Antes de tudo, o nosso aviso de sempre: especificações não são tudo. Sua experiência de usuário é o que mais importa. Dito isto, especificações fazem parte da experiência, e podem exercer um papel fundamental em ajudar você a se decidir.
Vamos começar com: sério, ele é fino. Com 7,2 mm de espessura, ele certamente ganha na categoria. Ele também é o mais leve na nossa tabela, com 308g, mas por pouco: o Nexus 7 pesa 340g. No entanto, o iPad Mini tem 134,7mm de largura. Ele só não é mais largo que o Kindle Fire HD, então talvez não caiba tão bem num bolso de paletó, por exemplo.
A resolução da tela decepciona: com 162 ppi, o iPad Mini está atrás do Nexus 7 e Kindle Fire HD (216 ppi). E a Apple está usando o mesmo chip A5 dual-core que estava no iPad 2. Será que ele se compara ao Tegra 3 quad-core que você encontra nos outros? Depende do benchmark que você usa: em questão de processador, ele fica atrás; em chip gráfico, ele ainda sai na frente.
Há outras coisas a se considerar, é claro, como o ecossistema de apps. Há 275.000 aplicativos especificamente otimizados para o iPad. Para o Android, temos um múltiplo baixo de 1.000; quase todos os apps para Android se “esticam” bem, mas a maioria não foi pensada para uma tela maior. O mesmo vale para o Kindle – mas você só pode comprar apps com cartão de crédito americano. Sim, muitos desses apps são redundantes, só que o mesmo padrão se mantém: desenvolvedores geralmente fazem aplicativos primeiro para o iOS, e depois para o Android, para então levá-los à Amazon.
E em se tratando de conteúdo, a Apple ainda está na frente, inclusive no Brasil. A Amazon, por enquanto, só vende livros. O Google Play brasileiro ainda não tem os livros e músicas prometidos para este ano. A iTunes Store brasileira, por sua vez, tem músicas, filmes, e até mesmo livros – ótimo para consumir no seu tablet.
Por último, e o mais importante, temos o preço. Começando em 330 dólares, o iPad Mini custa muito mais do que os outros tablets, que são realmente bons e começam em apenas US$200. Considerando as especificações inferiores do iPad Mini, talvez ele seja para você em um caso específico: o fator decisivo será em quanto você já investiu – ou sua disposição em entrar – no ecossistema iOS.

Pode gostar também de

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...