Translate

sexta-feira, 22 de março de 2013

ANÁLISE: The Walking Dead Survival Instinct



Tenho certeza que muitos estavam esperando por este jogo. Você joga como Daryl Dixon, o foco é a sobrevivência, a história dos irmãos Dixon, baseado na série e muito mais ação que o The Walking Dead da TellTale (que ganhou o jogo do ano 2012). Eu já joguei e terminei a história e vou colocar aqui o que achei do jogo, claro que na minha opinião. =)



O jogo foi lançado dia 19/03/2013 para PC, XBOX 360, Wii U e PS3 (se não me engano para PC foi dia 20/03/2013). A história do jogo se passa antes da série da TV e mostra como os irmãos Dixon, Daryl e Merle Dixon, foram parar em Atlanta e se juntam ao grupo de Shane. O jogo foi produzido em apenas 6 meses, então quem estava esperando muito do jogo, se prepare.

GRÁFICOS









A primeira coisa que posso dizer dos gráficos é que é decepcionante. Os gráficos são ruins pra hoje, se fosse um jogo de PS2 seriam gráficos bons, mas isso se deve ao fato do jogo ter sido feito as pressas por causa do prazo de 6 meses para a produção do jogo.

Os carros e os zumbis do jogo são todos iguais, então em um grupo de uns 4 zumbis você facilmente irá matar 2 iguais. E carros você praticamente só encontra uma caminhonete (que é uma que você começa o jogo) e um outro carro Crossover (que você pode pegar depois).

O mapa também é bem precário, se você vai numa parte que não devia ir você logo percebe porque os prédios estão pretos, sem nada, não foram feitos. Os prédios só tem a parte da frente, a parte que aparece pra você. E em todas as missões o mapa não é muito grande e vai só um pouco ao longe.


JOGABILIDADE





Sobre a jogabilidade posso dizer que os zumbis nesse jogo são bem educados. Sim, isso mesmo. Sempre que um zumbi te agarrar nunca outro irá te atacar junto. Eles vão fazer montinho em você mas irão esperar na fila pela vez deles. =) Por exemplo na foto que o Daryl está com a Crossbow dele e tem muito zumbi.

E no jogo tem "finalizações" nos zumbis, um modo silencioso de matar zumbis, mas você SEMPRE irá finalizar com a faca de caça. Você pode estar com um cano, pistola, martelo, machado, espingarda ou qualquer outra armas mas o Daryl sempre irá pegar a faca de caça. Provavelmente por causa dos 6 meses de produção também, seria legal finalizar com machado, martelo ou cano. =D

Outros erros também são perceptíveis, como subir escada estilo Call Of Duty (você simplesmente sobe, não vê sua mão nem seu corpo) e lanterna estilo Slender (você acende a lanterna e ela nunca se mexe nem nada e sempre é bem no meio da tela). Ah, outros erros são que os zumbis dão respawn aleatório, se você matar TODOS os zumbis numa missão, mas der um tiro, os zumbis surgem de novo ( O.o ) e Daryl Dixon move carros com o poder da mente (a Força) porque ele nem encosta nos carros.

Mas tirando esses erros, a ideia é bem boa já que você deve sobreviver. Não é fácil achar munição, combustível e comida. Então na maioria das missões você deve usar a inteligência para passar e sendo silencioso. Como Survival Horror esse jogo é excelente, já que dificilmente você terá mais que 10 tiros de espingarda, rifle de caça ou pistola. E atirando pode parecer uma solução mais rápida e prática, mas chama muito mais zumbi. E dá para levar alguns sustos também no jogo =)


HISTÓRIA







Como já disse, a história se passa antes de Atlanta e mostra como Merle e Daryl Dixon foram para Atlanta e como se juntaram ao grupo de Shane. Já aviso, nessa parte posso acabar contando um ou outro pequeno SPOILER da história, mas nada que atrapalhe o jogo!

No começo do jogo Daryl está caçando com o amigo da família Jess e seu pai. Ele nunca tinha ouvido falar dos walkers e eles atacam seu pai. Depois do incidente, Daryl e Jess decidem ir até a prisão que Merle está para contar sobre o pai deles. Acontecem muitas coisas, Daryl encontra outros sobreviventes que podem ou não se juntar ao grupo e eles chegam numa cidade onde Daryl recupera sua Crossbow da gangue do Merle e os irmãos Dixon acabam se separando. No final do jogo somente que Daryl e Merle se encontram novamente, num ponto de evacuação para Atlanta.

A história ainda tem alguns buracos, por exemplo, não mostra como Daryl conseguiu a moto e como os irmãos encontraram o grupo de Shane. E no final os sobreviventes que você escolhe que se juntem ou não ao grupo acabam morrendo de qualquer jeito.

Acho que aqui já NÃO terá mais SPOILERS da história =)

No geral a história acaba sendo fraca, curta, repetitiva e linear. Rapidamente você termina a história do jogo. E é fácil de achar repetitivo já que muitas vezes você vai parar a viagem para achar combustível, mover carros, etc. A ideia do jogo é muito boa, mas em 6 meses não é possível fazer um bom jogo.

_________________________________________________________________________________

Minha opinião é que se você gosta de The Walking Dead e jogos Survival Horror, pode comprar sem medo. Os gráficos e alguns defeitos não vão atrapalhar para quem gosta de Survival Horror e de alguns sustos. Mas se você quer só ver como é o jogo, dar uma testada, tem a versão do Skidrow (o Repack tem 2.30GB de tamanho).

Se você não gosta nem de The Walking Dead nem de jogos Survival Horror, nem jogue o jogo. Se eu pudesse dar uma nota de 0 a 10 acho que daria 4,5.

Pode gostar também de

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...