Translate

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Saiba tudo sobre o Android L que foi anunciado hoje



Hoje foi o evento Google I/O 2014, no qual o Google anuncia novidades para o Android e a maior novidade foi o novo Android, o Android L (nome provisório).

Depois de várias pequenas mudanças no Android 4.x, o Google reformulou totalmente o Android. A tela inicial, os botões de ação, a interface, as animações, tudo. Tudo foi reformulado para ficar um sistema mais amigável e com um visual melhor.

Primeiramente o Google anunciou a nova interface gráfica, nomeada de Material Design, que é baseada nos cards do Google Now e  são usados efeitos de sombra para parecer que algumas partes estão em cima da outra no app para que tenha profundidade o app.



Assim os efeitos são melhores e mais amigáveis, como por exemplo, no Gmail ao selecionar uma mensagem, ela "salta" num card próprio. Outra mudança é na parte dos botões de ação, na parte de baixo. Agora o Voltar é um triângulo, o Home é um círculo e o Multitarefa é um quadrado ao invés de uma flecha, uma casa e dois quadrados para lembrar o multitarefa, respectivamente.


Além disso, a nova tipografia deve funcionar bem em telas pequenas, como de smartwatches, quanto em telas grandes, como em tablets. Veja abaixo como deve ficar o Gmail com o Material Design:




A nova interface também vai contar com mais animações e mais feedback tátil, ou seja, as interações com o aparelho não são mais em 2D, mas em 3D. Como o novo discador que foi mostrado, que ganhou efeitos quando o usuário toca nos números:


As notificações foram simplificadas. Na tela de bloqueio agora aparecem suas notificações no estilo iOS. Basta tocar duas vezes para abrir o app, deslizar para descartar ou deslizar de baixo para desbloquear o aparelho.


Além disso agora algumas notificações aparecem na parte de cima e permitem realizar ações rapidamente, como atender uma ligação (ou não) ou arquivar um email. Então agora quando alguém te ligar não vai atrapalhar seu jogo. =D



A tela de bloqueio ficou mais inteligente, afinal é muito chato você ter que digitar a senha ou fazer o padrão de desbloqueio toda vez no seu aparelho, mesmo em casa. Então agora o Android L sabe quando você está em casa, pelo endereço que você registrou no Google Now como casa, e deixa seu aparelho sem senha ou padrão de desbloqueio. Só quando você sair na rua ele vai pedir senha ou padrão.

Além disso o sistema agora conta com um recurso chamado desbloqueio pessoal e sabe quando você está usando um relógio com Android e mantém seu dispositivo desbloqueado.



O Multitarefa ficou melhorado e mais bonito agora. Ao invés de aparecerem "cards" do app só, aparecem cards em 3D como um carrossel. E além disso, todas as abas do navegador aparecem no multitarefa, assim o usuário pode saber exatamente o que está aberto.

O Chrome também vai mudar bastante e vai ganhar o Material Design também. 


Agora quando você clicar num link, você será mandado diretamente para a página daquele app. Isso tudo num card só. Além disso, se você pesquisar um local no Google Earth e depois fizer essa mesma coisa na barra de pesquisa do Google Search, ela vai lembrar disso e vai mostrar o resultado do Google Earth. Isso funcionará em qualquer app, mas claro que dependendo da vontade dos desenvolvedores do app.




Na parte de desempenho, a máquina virtual ART vai ser padrão no Android L (veja aqui a diferença entre o Dalvik e ART). O ART será compatível com ARM, x86 e MIPS e já é compatível com processadores 64 bit.


Para alcançar o desempenho do DirectX 11, o Google está incluindo um pacote de expansão no Android para efeitos gráficos como shader.


Na parte de bateria o Google anunciou o Projeto Volta para um melhor gerenciamento de bateria, disponibilizando estatísticas para desenvolvedores para eles descobrirem o que está sugando bateria e APIs para limitar o app quando a bateria está acabando.



E também tem o novo modo de Economia de Bateria, que corta o Wi-Fi e a energia da tela quando a bateria está acabando e pretende aumentar a duração da bateria em até 90 minutos.


Com o Android L o Google permite unir vários produtos, incluindo alguns que nem existem ainda.


O SDK do Android L já está disponível e em breve será lançada uma versão de demonstração para desenvolvedores (versão Developer Preview para aparelhos Nexus ou Google Play Edition).

Pode gostar também de

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...